Alta do Pix coloca o Brasil em quarta posição no ranking mundial

Leitura: 3 min Transações em tempo real têm feito com que país atingisse novos patamares no mercado de pagamentos, aponta estudo.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Quando algo se torna sucesso, os bons frutos são colhidos em pouquíssimo tempo. Isso é o que tem acontecido com o Brasil  – pelo menos quando o assunto é o Pix. O meio de pagamento instantâneo criado pelo o Banco Central tem se tornado a principal forma de comprar e pagar por aqui, permitindo que o país atingisse novos estágios no mercado de pagamentos.

Um estudo feito pela ACI Worldwide, empresa de software que fornece soluções de pagamento em tempo real para empresas, em parceria com a companhia de análises e dados GlobalData e o Center for Economics and Business Research (Cebr), mostrou um avanço significativo do país na área,  e segundo o estudo, a evolução deve seguir  até 2026. 

Somente em 2021, o Brasil atingiu cerca de 8,7 bilhões de transações de pagamentos em tempo real. Isso deixou o país atrás apenas da Tailândia com 9,7 bi, China com 18,5 bi e da líder disparada que é a Índia, que atingiu 48,6 bilhões de operações. Para se ter uma ideia, em 2020 o Brasil ocupava a oitava posição do ranking. 

A pesquisa analisou 53 países e constatou que os governos que investem e avançam na modernização da infraestrutura nacional de pagamentos obtêm situações vantajosas para todas as partes interessadas no ecossistema: consumidores, empresas e instituições financeiras. Assim os governos também impulsionam o crescimento econômico e reduzem o tamanho da economia paralela. 

Segundo o BC, no quarto trimestre de 2021 a quantidade de operações feitas por meio do Pix pela primeira vez ultrapassaram as que foram realizadas com cartões de crédito e débito. De acordo com a entidade, já são mais de 400 milhões de chaves cadastradas.

Desde que foi lançado, o Pix foi adquirindo novas funções e tornando as operações ainda mais fáceis no dia a dia dos consumidores. E ainda neste ano novas serão lançadas sendo elas o Pix por aproximação, o Pix Offline, o Pix Parcelado, o Pix Débito Automático, o Pix Garantido e o Pix Internacional.



Descubra as vantagens de ter pagamentos em tempo real

Hoje em dia já não é comum que as pessoas circulem com dinheiro físico em suas carteiras ou bolsas. As modalidades como cartões de crédito, débito e agora o Pix, fizeram com que notas e moedas caíssem cada vez mais no esquecimento. A estimativa é de que a utilização do dinheiro em espécie fique abaixo dos 25% até 2024.

Outro aspecto que mostra que os pagamentos em tempo real são a nova onda é que operações como TED ou DOC não são realizadas em menos de um dia. Em casos de finais de semana ou feriados, as operações somente serão finalizadas nos próximos dias úteis, levando um tempo ainda maior para chegar ao destino final.

Já nas transações em tempo real, as etapas acontecem em poucos segundos:

  • O pagador aciona a operação pelo celular; 
  • Seus dados são verificados para evitar fraudes; 
  • A instituição bancária com a qual ele trabalha é conectada; 
  • O banco envia as informações necessárias ao sistema.



O atual panorama no Brasil

O estudo realizado pela ACI Worldwide apontou que houve uma ampla adoção dos pagamentos em tempo real, que acabou resultando em uma economia de custos de cerca de US$ 5,7 bilhões para empresas e consumidores somente no ano passado.

Até 2026 estima-se que ocorram 82,4 bilhões de transações deste modelo, gerando US$ 37,6 bilhões adicionais de produção econômica, cerca de mais ou menos  2,08% do PIB previsto do país. Entre as nações que foram analisadas, o Brasil tende a ser a que terá o crescimento mais acelerado em transações em tempo real. 


O cenário muda a cada dia e sua empresa precisa seguir junto dessas mudanças. Para isso, você precisa ficar por dentro do que está acontecendo. Se você deseja saber mais do que rola no mundo das finanças, tecnologia e inovação, é só acompanhar as postagens em nosso blog, nos seguir nas redes sociais e escutar o podcast em nosso canal no YouTube e na plataforma de áudio Spotify!


Fontes:
https://noomis.febraban.org.br/blog/com-pix-em-alta-brasil-e-4-em-ranking-de-pagamentos-em-tempo-real
https://www.mastercard.com/news/latin-america/pt-br/noticias/comunicados-de-imprensa/pr-pt/mais-que-cartao/pagamento-em-tempo-real/conheca-as-vantagens-de-pagar-em-tempo-real/

Nossas Redes Sociais

Siga-nos para mais conteúdos

Faça parte da nossa Newsletter!

Posts Relacionados

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Esteja sempre por dentro dos conteúdos mais importantes do mundo das fintechs e do mercado financeiro!​

Já está indo? Que pena!

Antes, inscreva-se em nossa newsletter e esteja sempre atualizado sobre o mundo de finanças, tecnologia e inovação!