Open Innovation: o que é e como funciona?

Leitura: 3 min Ambientes colaborativos e desenvolvimento em conjunto têm se mostrato estratégias essenciais para inovar e expandir mais rapidamente diferentes mercados. Conheça a Inovação Aberta!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Vocês conhecem aquela antiga expressão que diz que ninguém faz nada sozinho? Então, ela é válida para diversas situações e, atualmente, até para empresas e negócios que desejam se desenvolver em meio a um mercado que a cada dia pede soluções mais inovadoras.

No entanto, mesmo nesse cenário, o conceito mais comum de inovação utiliza uma estrutura vertical, na qual as pesquisas, o desenvolvimento de produtos e serviços ocorrem internamente e só depois são apresentados ao mercado. É por isso que hoje vamos falar sobre o Open Innovation. Você sabe o que é, como funciona e quais são seus benefícios para empresas? Continue a leitura e descubra tudo sobre.



Open Innovation: um conceito para quebra de barreiras nas empresas

Open Innovation, ou, em tradução livre para o português, inovação aberta, é um conceito criado por Henry Chesbrough, ex-gerente de uma empresa de tecnologia no Vale do Silício e professor da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos.

Chesbrough notou que mesmo que houvesse uma rápida disseminação do conhecimento por parte das empresas, ainda ocorria um modelo de inovação muito fechado. Então, o conceito de Open Innovation parte do seguinte pensamento: e se as empresas adotassem um modelo de inovação mais descentralizado e focado em colaboração? Por isso o Open Innovation busca a colaboração entre organizações, indivíduos e órgãos públicos na criação de novos produtos e serviços.

De acordo com oprofessor, “inovação aberta é o uso de fluxos de conhecimento internos e externos para acelerar a inovação interna e expandir os mercados para o uso externo de inovação, respectivamente”. 



O Open Innovation e seus benefícios para um negócio

Depois de entender melhor o que é o conceito, você já deve ter percebido que este modelo pode ser uma maneira de alavancar sua empresa. Mas, talvez, você ainda não saiba por onde começar para implementá-lo no seu negócio. Então, vamos entender as formas de concretizar isso.

  • Hackathons: são maratonas de programação, prototipagem e colaboração. Eles servem como forma de intensificar o aprendizado das equipes, além de criar um networking e reconhecimento, possibilitando a livre implantação de ideias.

  • Eventos e programas com startups: através de programas ou parcerias, seu negócio pode entrar no radar de grandes empresas que buscam novas soluções para o mercado.

  • Programas de ideias com clientes e fornecedores: ter um programa de ideias que conte com a participação de pessoas externas à organização pode ser uma maneira de gerar inovações para a empresa. Por meio de uma canal aberto de diálogo, é possível que seu negócio receba insights sobre como os seus produtos e processos são percebidos externamente.

Firmar parcerias com outras empresas não é algo recente, mas, o que o Open Innovation permite transformar é a maneira como são vistas as parcerias. Importante ressaltar que quem realmente promove a inovação nos negócios são as pessoas.

Alguns dos benefícios da Inovação Aberta são: 

  • A criação de um networking com diferentes talentos que possuem competências ímpar. 
  • Criação do valor de pesquisa e desenvolvimento interno e externo da empresa.
  • Desenvolvimento exponencial por meio dos resultados de pesquisas.
  • Através do Open Innovation ocorre a valorização da empresa devido aos projetos de inovação.
  • Implementação de propriedades intelectuais, já que com maior fluxo de PI (Propriedades Intelectuais) o mercado é fomentado através de uma competitividade saudável.


A Phi é um exemplo de startup participa de um ambiente de Open Innovation. Nós e outras startups estamos dentro da 4All, um hub de tecnologia e inovação que permite que ocorra essa troca de ideias, projetos e experiências.

A Phi é uma fintech voltada a soluções financeiras para todos os tipos de modelos de negócios. Mas, como ficou compreendido a respeito da Inovação Aberta, dentro deste ambiente colaborativo, cada empresa contribui com sua expertise.

Agora você conhece melhor o conceito de Open Innovation! Mas, você pode descobrir muitas outras coisas sobre o mundo de finanças, tecnologia e inovação. Basta ficar ligado nas postagens em nosso blog, nos seguir nas redes sociais e acompanhar o podcast em nosso canal no YouTube e nas plataformas de áudio Spotify e Soundcloud!


Fontes:
https://distrito.me/inovacao-aberta-open-innovation/
https://blog.aevo.com.br/open-innovation/

Nossas Redes Sociais

Siga-nos para mais conteúdos

Faça parte da nossa Newsletter!

Posts Relacionados

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Esteja sempre por dentro dos conteúdos mais importantes do mundo das fintechs e do mercado financeiro!​

Já está indo? Que pena!

Antes, inscreva-se em nossa newsletter e esteja sempre atualizado sobre o mundo de finanças, tecnologia e inovação!