menu

Apenas nas primeiras 24h de funcionamento, nova ferramenta foi responsável por um milhão de transações. Você não não vai querer deixar sua empresa fora dessa novidade, não é mesmo?  

25 de novembro de 2020.

Lançado oficialmente em outubro deste ano e com funcionamento integral desde o dia 16 de novembro, o Pix, meio de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), já tem mostrado que veio para ficar e ser utilizado diariamente pelos brasileiros. Segundo matéria publicada no site G1.com, após as primeiras 24h de funcionamento, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou que o primeiro dia de operações do Pix foi um sucesso. “Foi um primeiro dia espetacular, foi melhor do que nós esperávamos”, disse Neto durante evento da Febraban. Segundo dados do próprio BC, foram realizadas mais de 1 milhão de transações através do Pix somente na data de estreia do sistema, totalizando R$ 777,3 milhões.

Assim como o Pix está mudando a maneira de fazer transações entre contas físicas, ele também pode alterar drasticamente a maneira de comprar e vender. Mas quais são os benefícios que o Pix traz para o varejo físico? Com o novo meio de pagamento, os comerciantes ganharam uma opção para receber pagamentos, além do dinheiro em espécie, cartão de débito ou crédito e TED ou DOC. No entanto, com o Pix, surgem algumas novas vantagens: 

  • Em poucos segundos, os pagamentos entrarão direto na conta da empresa;
  • As transações terão custos bem menores em comparação aos outros meios de pagamento. Em algumas instituições financeiras, o Pix será gratuito para clientes com conta PJ;
  • Não existirá intermediação no processo, como no caso das maquininhas de cartão. Os pagamentos serão diretamente entre pagador e recebedor. Essa não intermediação acaba reduzindo os custos das transações e deixando o processo ainda mais rápido;
  • O fluxo de caixa ficará mais fácil de controlar conforme a entrada de dinheiro em tempo real na conta.

Cadastrando sua empresa 

Assim como para as pessoas físicas, para as empresas o Pix também está disponível automaticamente para os clientes que possuem contas nas instituições participantes. Também será necessário que os varejistas realizem o cadastro das chaves Pix, seja o CNPJ, um e-mail, um número de telefone celular ou, então, a chave aleatória, que é gerada pelo próprio aplicativo da instituição financeira. Os aspectos importantes que são necessários verificar antes de iniciar a utilização do novo meio de pagamento no varejo são:

  • Pesquise as condições do serviço junto às instituições participantes, sejam elas bancos digitais, instituições financeiras tradicionais ou fintechs. As tarifas, funcionalidades e disponibilidades são aspectos importantes e que precisam estar evidenciados;
  • Escolher uma conta transacional para receber o Pix – chamada formalmente de Prestador de Serviço de Pagamento, PSP;
  • É necessário verificar se o seu sistema operacional possui integração com o Pix, em casos onde o varejista possua integração com algum tipo de automação.

Em relação aos recebimentos, os varejistas poderão usar o Pix de duas maneiras: através de um QR Code gerado pelo recebedor e compartilhado com o pagador, ou por meio da chave Pix cadastrada. Também é importante que os varejistas realmente se adaptem à novidade, estimulando o uso da nova ferramenta entre seus clientes.  

Se você é empresário e quer implementar novos meios pagamento além do Pix e descobrir quais as melhores opções para o seu negócio, nós, da Phi, temos diversas soluções e um time supercapacitado para atender às suas necessidades! Fale com a gente! Vamos descobrir juntos como deixar o seu negócio ainda melhor.

Fontes: 

https://g1.globo.com/economia/pix/noticia/2020/11/17/primeiro-dia-do-pix-foi-espetacular-diz-presidente-do-bc.ghtml

Phil

Blogger da Phi

Logo Phi

AVENIDA IPIRANGA, N° 6681
PRÉDIO 95A - TECNOPUC
PORTO ALEGRE / RS - CEP 90619-900
(51) 3021-2350 | ola@somosphi.com

4ALL 2018 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Logo Great place to work Logo 4all
Imagem de fundo do rodapé