menu

Pesquisa feita pela Mastercard aponta queda no uso de cédulas e aumento de transações com pagamentos digitais em países da América Latina.

Se o “dinheiro de plástico” já foi uma revolução no meio financeiro e na sociedade, imagine o impacto das transações pela internet, ou por aproximação, com as quais é possível pagar desde um café na esquina até uma nova televisão de última geração. E, assim como os cartões, os pagamentos digitais vieram para ficar. 

Com a pandemia, e o fechamento da maioria dos pontos de venda físicos, a compra de artigos de todo tipo utilizando pagamentos digitais se tornou uma realidade até para aqueles que ainda duvidavam da tecnologia. Uma pesquisa realizada pela Mastercard, que entre os dias 27 de abril e 17 de maio contou com a participação de 6.750 pessoas, de 15 países diferentes, apontou que sete em cada dez consumidores disseram que a substituição do dinheiro pelos pagamentos digitais provavelmente será permanente. Em uma publicação no site da própria empresa, a vice-presidente de Produtos e Inovação na Mastercard Brasil e Cone Sul, Ana Paula Lapa, afirma que a América Latina está avançada nas transformações digitais: “Os consumidores da região são altamente conectados e adotam rapidamente as novas tecnologias”, comentou.

Desde o início da pandemia, dois terços dos entrevistados dizem que estão usando menos dinheiro vivo, ou então, não usando. Os dados apontam que 53% dos brasileiros e 41% dos mexicanos e colombianos dizem que planejam usar menos dinheiro. As mudanças estão cada vez mais presentes no cotidiano dos clientes. De acordo com a Mastercard, a pesquisa mostrou que “Quando perguntados sobre as mudanças que acreditam que tenham vindo para ficar, 85% dos colombianos, 69% dos mexicanos e 63% dos brasileiros citaram pagamentos por aproximação”.

Com a queda no número de clientes das lojas físicas e o aumento da utilização dos meios digitais, o comércio eletrônico tem tido um ganho considerável durante o período de distanciamento social. Há anos esse tipo de negócio tem crescido, no entanto, a Mastercard informou que pela primeira vez os pagamentos online superaram os obtidos nas lojas físicas. Durante o primeiro trimestre de 2020, os números chegaram a 41%. “Na América Latina, 54% dos colombianos, 52% dos brasileiros e 46% dos mexicanos pretendem comprar mais online”, afirma a companhia. 

Além da facilidade na hora da compra, que muitas vezes é feita em poucos cliques, um aspecto que torna os clientes fiéis aos modelos online de pagamento está nas questões relacionadas à segurança. Essa forma de realizar transações conta com uma série de dispositivos (como a autenticação biométrica) que torna todo o processo mais garantido tanto para clientes quanto para fornecedores. Tais aspectos ajudaram no crescimento das fintechs na América Latina e também na criação de parcerias com as mesmas. “Durante o primeiro trimestre de 2020, a Mastercard aumentou em 40% suas parcerias de negócios com fintechs em vários mercados da região”, explica a empresa em publicação em seu site.

Quer saber mais sobre os meios de pagamento e descobrir quais as melhores opções para o seu negócio? Nós, da Phi, temos diversas soluções e um time supercapacitado para atender às suas necessidades!

Fontes: 

https://newsroom.mastercard.com/latin-america/pt-br/news-briefs/pesquisa-da-mastercard-indica-aumento-nos-pagamentos-digitais-e-crescimento-do-e-commerce/

Phil

Blogger da Phi

Logo Phi

AVENIDA IPIRANGA, N° 6681
PRÉDIO 95A - TECNOPUC
PORTO ALEGRE / RS - CEP 90619-900
(51) 3021-2350 | ola@somosphi.com

4ALL 2018 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Logo Great place to work Logo 4all
Imagem de fundo do rodapé